Igreja Presbiteriana Independente de Vila Carrão
 Home   Institucional   Atividades   Reflexões   Estudos   Aniversários   Infantil   Fotos   Links
 


Salvo duas vezes

Um famoso escritor nos conta a história de uma família rica, que foi convidada a passar um fim-de-semana na bela propriedade de outra família: a casa dos Churchill.

As crianças estavam se divertindo na maravilhosa piscina da propriedade, mas no último dia, ocorreu uma tragédia. O caçula, o pequeno Churchill quase se afogou. As crianças puseram-se a gritar, tentando puxar o menino com as mãos. Até que, o pequeno Alexandre Fleming, filho do jardineiro, ouviu os gritos e saltou dentro da piscina, salvando então o menino.

Quando o Sr. Churchill soube da história, ficou imensamente grato. Dirigindo-se ao sr. Fleming, o jardineiro, disse:
- Seu filho salvou a vida do meu filho, o que posso fazer pelo Sr.?
- Ora, o Sr. não precisa fazer coisa alguma, meu filho fez o que qualquer outro faria.
- Mas eu tenho que fazer alguma coisa pelo seu filho. Do que ele gosta?
- Bem, desde que aprendeu a falar, tem manifestado o desejo de ser médico.
- Ele então apertou a mão ao jardineiro, e disse:
- Seu filho freqüentará a melhor escola de Medicina que houver na Inglaterra.
E manteve a palavra.

Anos mais tarde, ao final da Conferência de Teerã, o mundo foi sacudido com a notícia de que o primeiro ministro Churchill estava doente com pneumonia. Os meios de comunicação da Inglaterra transmitiram para toda a nação, o pedido de que o melhor médico do Império Britânico tomasse um avião para Teerã para cuidar do Primeiro-Ministro. Aquele médico foi o Dr. Fleming, o descobridor da penicilina. Os seus esforços foram coroados de êxito. Depois disso, Winston Churchill surpreendeu o mundo declarando que: "Não é sempre que um homem tem a oportunidade de agradecer ao mesmo homem por haver-lhe salvo a vida duas vezes".

O pequeno Fleming, que havia salvado a vida do pequeno Churchill, quando este se afogava numa piscina, tornou-se o Dr.Fleming, que mais uma vez lhe salvou a vida.

O pai de Winston Churchill jamais sonhara, que, ao dar a Alexandre Fleming a oportunidade de estudar na melhor escola de Medicina da Inglaterra, estaria provendo o meio de salvação da vida do seu filho, pela segunda vez, através do mesmo homem.

Tudo que semeamos, iremos colher algum dia, de alguma maneira. "A diferença entre possível e impossível está no grau de nossa determinação."