Igreja Presbiteriana Independente de Vila Carrão
 Home   Institucional   Atividades   Reflexões   Estudos   Aniversários   Infantil   Fotos   Links
 


Os Vasos e a Vida

Numa aula de filosofia, o professor tomou um vaso de boca larga e dentro colocou primeiramente, algumas pedras grandes. Perguntou, então, à turma:
"Está cheio?". Pelo que viam, o vaso estava repleto e, por isso, os alunos responderam: "Sim!".
O professor, então, tomou um balde cheio de pedrinhas e virou dentro do vaso, tendo as pedrinhas se alojado nos espaços entre as pedras grandes.
Então, ele perguntou aos alunos: "E agora, está cheio?", e os alunos responderam: "Sim!".
Veio o professor agora com um saco de areia e entornou dentro do vaso, procedendo a mesma pergunta. Os alunos, embora hesitantes agora, responderam afirmativamente mais uma vez, já que a areia preencheu os espaços entre as pedras e as pedrinhas.
Finalmente, o professor tomou um jarro com água e despejou dentro do vaso, tendo o líquido encharcado e saturado a areia. Nesse ponto, o professor perguntou: "Qual é o objetivo desta demonstração?".
Um jovem e brilhante aluno respondeu: "Não importa o quanto a nossa agenda esteja cheia; sempre se vai conseguir espremer e caber mais atividades".
O professor então tomou a palavra e disse: "Não é bem isso. A menos que você, em primeiro lugar, coloque as pedras grandes dentro do vaso, nunca mais conseguirá fazê-lo". E pôs à disposição da turma, material igual ao primeiro vaso, ficando os alunos surpresos de não conseguirem, invertendo a ordem, que coubessem as pedras grandes. Elas sobraram. O vaso já estava repleto com as coisas menores. E aí vem a explicação final:
"As pedras grandes são as coisas realmente importantes de sua vida: seu crescimento pessoal e espiritual. Quando você dá prioridade a isso e se mantém aberto para o novo, as demais coisas vão se ajustando por si só: seus relacionamentos (família, amigos), suas obrigações (profissão, afazeres domésticos), seus bens e direitos materiais e todas as demais coisas menores que completam a vida. Mas se você preencher sua vida prioritariamente com as coisas pequenas, então as que são realmente importantes nunca terão espaço".
Esvazie seu vaso e recomece a preenchê-lo com as pedras grandes. Ainda há tempo. Ainda é tempo.